Enquanto Botucatu inicia Distrito Industrial 4, Avaré vive na penumbra

A Bigorna 11/01/2018 12:41:00 460 visualizações
# legenda: Má-administração e atraso

A cidade de Botucatu, 90 Km de Avaré, já iniciou a limpeza do terreno e abertura de ruas no local que abrigará o Distrito Industrial 4 instalado ao lado do Distrito Industrial 3, e comportará toda a estrutura necessária para a instalação de empresas de diversos tamanhos e ramos.

"Estamos iniciando mais um projeto que vai ser de grande benefício para a nossa população. Já temos muitas empresas que demonstraram o interesse de se instalarem neste novo distrito e tenho certeza que gerarão muitas oportunidades para o nosso povo", afirma o prefeito Mário Pardini.

Após a limpeza do terreno e abertura das ruas, a Secretaria de Infraestrutura iniciará os serviços de drenagem no espaço, com a instalação de galerias pluviais.

"O Distrito 4 é mais um desafio que nossos servidores abraçam com as próprias mãos e que com certeza executarão com muito capricho e qualidade. Vamos nos empenhar para que o quanto antes tenhamos empresas se instalando e criando vagas de trabalho", cita o vice-prefeito André Peres.

Avaré

Já em Avaré o Distrito Industrial ficou apenas no papel. Poucos empresas estão instaladas no local.

Os governos anteriores não souberam como motivar e atrair empresas para a cidade. O resultado, não aparece, e, deste modo, empresas para ocupar o local não surgem

Além de mal localizado, longe da SP-280 (Castello Branco) rota de milhares de caminhões, as condições das ruas são degradantes. Não existem ruas asfaltadas e os terrenos que poderiam ser cedidos para que empresas se instalassem na cidade ainda é um sonho sem norte.

A Avenida Mario Covas, que dá acesso ao local, virou uma pista de ‘rally’, devido as dezenas de buracos que permeiam a vicinal, além de que, quando chove, na única curva acentuada do local, as águas tomam a pista, causando perigo para quem trafega pelo local.

Vários vereadores já defenderam a abertura de um Distrito Industrial próximo às margens da Castello Branco, entretanto, a inércia dos administradores impõe a cidade ser apenas ‘ um mero vagão’ atrás de cidades que estão se tornando ‘locomotivas’ em desenvolvimento empresarial.(ComdadosdoJCBauru)

 

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@abigorna.com.br