Avaré: Prefeito está em vias de municipalizar o Aeroporto de Avaré/Arandu

A Bigorna 11/01/2018 18:27:00 705 visualizações
# legenda: Aeroporto de Avaré/Arandu

A Prefeitura de Avaré está com os trâmites bem avançados para que o município assuma a gestão do Aeroporto Avaré/Arandu. A informação foi apurada com exclusividade pela Comarca.

O pedido para a municipalização do aeródromo local partiu da atual administração junto ao Daesp.

Segundo o jornal levantou, no dia 8 de dezembro o Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) deu aquiescência em relação ao pedido do prefeito Silvestre Filho, e já encaminhou o convênio para o Departamento de Aviação Civil (DAC), que também deu parecer favorável.

Os trâmites encontram-se bem avançados, e possivelmente nos próximos dias será dado sinal verde para a assinatura do convênio. Dessa forma, o aeroporto da cidade deverá seguir o mesmo destino dos de cidades como Bauru, Botucatu, Lins e Barretos.

Dois pontos chamam a atenção: primeiro o fato surpreendente de que a Prefeitura não participou junto à sociedade um assunto de tamanha importância, que está em vias de ser concluído sem ao menos uma audiência pública ou sequer ter sido comunicado à câmara ou à imprensa.

Outra questão se refere ao custo operacional do aeroporto, que é deficitário. Fontes não oficiais dão conta de que o Daesp invista mensalmente pelo menos R$ 50 mil em despesas no aeródromo – recurso que passará a ser despendido pelo município, caso o convênio seja celebrado.

Levantamento da Comarca informa ainda que vários aeroportos municipalizados encontram-se com problemas de manutenção em virtude dos altos custos de manutenção e operação, como Botucatu, por exemplo, onde a Prefeitura não tem como arcar com a substituição do equipamento chamado grupo gerador.

Diante dos inúmeros problemas estruturais enfrentados atualmente pela cidade, uma análise bem superficial demonstra que, em face das dificuldades financeiras, Avaré não teria condições de assumir a operação do aeroporto da cidade.

A reportagem completa e exclusiva o leitor confere na edição de sexta-feira do Jornal A Comarca.

O que são Grupos Geradores?

Grupos Geradores são equipamentos projetados para transformar energia mecânica em energia elétrica e podem ser utilizados para diferentes fins, a depender da necessidade de cada cliente.

Seja no lançamento de novas tecnologias, no desenvolvimento de novos projetos, no relacionamento com os seus clientes, a AuraBrasil trabalha para que as atividades dos seus clientes não sejam interrompidas, desenvolvendo soluções em energia através de completa linha de produtos, com potências que variam de 100 a 1.500 kVa. Todos carenados e silenciados, testados e aprovados por um rigoroso controle de qualidade e manutenção, os geradores atendem aos mais diversos segmentos: indústrias, hospitais, condomínios, construção civil, empresas de telecomunicação, entre outros.

Os grupos geradores possuem diferentes usos:

Emergência: são programados para operar durante a falta de energia da rede comercial, admitindo cargas variáveis por um período de até 300 horas por ano. Horário de ponta: uso no intervalo entre 17h e 22h, quando, comprovadamente, há uma economia de até 35% nos custos de energia. Nesta modalidade de operação são admitidas cargas variáveis por um período de até 1000 h/ano.Operações contínuas: são programados para acionamento de cargas constantes por tempo ilimitado. Especialmente indicados para aplicação em regiões isoladas da rede elétrica.

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@abigorna.com.br